Photobucket
Join Greenpeace 7 Step Climate CampaignFirefox 2
Segunda-feira, 1 de Março de 2004
Revistas
Estava eu na minha sala de leitura, que alguns apelidam de WC, a desfolhar uma revista feminina, quando me ocorreu que esse poderia ser um bom tema para o artigo desta semana (Não me refiro á sala de leitura como é óbvio). Tendo consciência que estou a pisar um campo minado mas a minha obrigação bloguista fala mais alto, e assim sendo, lá vai.

Revistas de gajas.....

Sei que muitos de vocês não têm acesso a estes verdadeiros ícones da informação que são as revistas femininas. Mas acreditem em mim quando vos digo que vale a pena. Sempre que tiverem essa oportunidade, de desfolhar e analisar cuidadosamente toda a sapiência que é vertida em poucas dezenas de páginas, não a desperdiçem.

Em primeiro lugar há que entender que me refiro áquelas revistas mais modernas. Longe vão os tempos da "Maria". Agora o que está a dar são revistas cujo target é a mulher moderna, activa, mãe esposa e executiva. Existem várias publicações mas a estrutura é extremamente redutora e de alguma forma básica.

1º - A capa: Tem obrigatoriamente de ter uma gaja. De preferência uma figura pública nacional. No interior vamos depois poder constatar que existe uma entrevista em que o conteúdo não podia ser mais inútil. Não dizem nada que tenha alguma importância ou que constitua uma novidade propriamente dita mas.....tem sempre muitas fotografias. Com várias roupas, em várias divisões da casa, com os filhos o cão e/ou o gato. E é isto que verdadeiramente interessa. Olha-se para a roupa, os móveis, os jardins etc..etc... E é claro que daí surgem logo ideias que mais tarde ou mais cedo (quase sempre mais cedo!) são traduzidas em euros a sair do bolso.

2º - Artigos em destaque (ainda na capa): Existem alguns temas que têm obrigatoriamente de constar da capa. Algo a ver com sexo, algo a ver com roupa e, de tempos a tempos, algo a ver com comida. Passo a explicar:

- Sexo: Tem várias vertentes. Pode ser qualquer coisa do género "as x maneiras de o deixar louco" ou "como potenciar o prazer" etc..etc.. Por outro lado pode ser algo em que o tema é o homem como "descubra se ele é infiel" ou "que tipo de homem é o mais certo para si". Seja como for, seja sexo, seja sexo oposto, esse tema tem de vir na capa.
- Roupa: Inevitável. Pode ir do mais elaborado estilo "Nova colecção Outono\Inverno" ao mais remediado "como remodelar o guarda roupa com poucos custos" (como se isso fosse possível)
- Comida: também surge por vezes. Geralmente numa publicação em forma de fascículos. Elas lá fazem a colecçãozinha toda das massas, carne, peixe, sobremesas, sopas, etc...etc... Na verdade na maior parte das vezes aquilo fica guardado numa gaveta e nunca usam. A minha teoria: é a maneira de não se sentirem mal com o dinheiro que gastam na revista. Dizem-nos sempre "já viste amor? esta semana na revista veio umas receitas de bacalhau. Temos de experimentar" sim, sim. Bacalhau? viste-o.

3º - Conteúdo.
Em primeiro lugar páginas e páginas de publicidade. Cremes, roupas, perfumes, sapatos etc.. etc... Por amor de Deus, como se elas precisassem desses incentivos ao consumo. (cuidado ao abrirem algumas revistas porque imediatamente caem 2 Kg de amostras para o chão).
Depois aquelas pequenas notícias dos mexericos tipo "Roberto Papatodas foi visto á saída de um bar com a Mary Vaicomtodos. Será o início de um novo romance?" Aliás, a vida dos outros parece ser um dos temas mais apreciado. Porque será?
Temos então as páginas dedicadas aos temas de capa e aqui se constata a primeira desilusão. Os temas bombásticos resumem-se a um par de folhas e em que no final elas ficam sempre com aquela sensação de que não se adquiriu nada de novo (com excepção do que vos direi mais abaixo).
Existem sempre também as várias maneiras de qualquer coisa. "as 10 maneiras de seduzir", "os 15 passos para manter o corpo em forma", "as 20 coisas que nunca lhe pode contar" ou então, uma das minhas preferidas: "30 formas de poupar dinheiro". Reparem que existem 30 mas elas não conseguem decorar uma.
Seguem-se páginas e páginas com muita roupa, muitos modelitos e colecções para todos os gostos e desgostos. Por vezes até o preço vem publicado. E isso meus amigos, chega a ser assustador.
Acaba-se com mais uns mexericos, uns consultórios técnicos e uns horóscopos e tá feito.

Perguntam: "então para que é que vamos perder tempo a ler isso?"
Respondo: Sabem aqueles artigos que vos referi do sexo e do sexo oposto? Poderosas armas ao nosso alcance meus caros. É verdade. Que ninguém compreende as mulheres toda a gente sabe (ás vezes nem elas se entendem a elas próprias), mas que esses artigos nos podem ajudar muito, lá isso podem. Acreditem quando vos digo que podem ter muitas surpresas. Ás vezes funciona quase como um manual de instruções. Ficamos a saber o que querem, como querem e quando querem. Evitamos ficar em maus lençois por dizer ou fazer algo que à partida, para nós, não tinha nada de errado.

Experimentem e depois digam qualquer coisa.

Dedico este artigo á minha "principesa". Ela que traga mais revistas que eu agradeço.


publicado por tonymorgadinho às 11:46
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Anónimo a 4 de Março de 2004 às 16:48
É agradável apreciar a graciosidade das alforrecas, mas convém guardar uma distância de segurança. A questão é que estes animais têm, quase sempre, pequenas células urticantes que, no mínimo, nos causam uma sensação de comichão se lhes tocarmos com a pele nua. De qualquer forma, estes animais devem ser alvo da nossa atenção. Considerar a anulação de um mergulho por causa da presença de grandes concentrações destes organismos pode ser uma opção muito inteligente. As alforrecas mais comuns nos Açores são as mal-afamadas caravelas-portuguesas (Physalia physalis) e a água-viva (Pelagia noctiluca). Não se sabe muito acerca das relações sociais das alforrecas.

Quanto aos escaravelhos, devo informar que não existe criminalidade na sua sociedade. Na realidade trata-se de uma estrutura organizativa muito fechada e individualista. Cada escaravelho tem a sua bolinha (não confundir com o pés de fogo), brica com ela e pronto...é isso. Isto tá cada vez mais estúpido!Tony Morgadinho
</a>
(mailto:todosqueimad@s.cromos)


De Anónimo a 4 de Março de 2004 às 12:55
Quanto ao tema em apreço, desde logo, ficou-me na retina a emocionante e romantica dedicatória daquele à sua princepesa!! É quando vejo estas coisa penso, tou f..., é por isso que elas não me ligam! O AMOR é de facto uma coisa linda, Parabéns Sr. Administrador!!!!
Ressalvado este pequeno (grande) pormenor, quero deixar a minha discordância com a conclusão a que o Tony chegou após longo e ponderado processo de investigação (ou seja, o tempo de demorou a dar mais uma cagada)! Pois não acredito que se consiga aprender ou descobrir algo sobre o que ainda não se descobriu a si mesmo. Parece absurdo não é??? Ainda mais adianto..! Será que queremos mesmo desperdiçar a única oportunidade que nos foi concedida para gozar esta maravilhosa passagem por este palco, a tentar perceber algo de tão básico??!! Daqui a pouco, já nos estou a imaginar a dicutir as relações intersociais das alforrecas, ou a tentar perceber os motivos do aumento da criminalidade entre os escaravelhos! Esqueçam lá isso!!! Há coisas bem mais interessantes onde poderemos dispender o nosso escasso e precioso tempo, que, eventualmente, poderá até ser gasto na companhia de tal ser, mas não a tentar percebêlo... TAU!!! A vós, caros bloguistas, deixo um conselho: quando estiverem a cagar é bem mais interessante ler o rótulo do shampoo, do gel, ou até a tentar perceber a lógica da sequência daquelas riscas pretas que teimosamente insistem em colocar em tudo o que é embalagem. Acreditem, aprende-se coisas bem mais interessantes!! Por acaso sabiam que o Gel Sanitário W.C. Aroma Floral, é composto, de entre outros elementos, por Tensioactivos Catiónicos e por não iónicos??? Pois é... eu também não sabia até me ter dado uma vontade subita de obrar! Má nada! É bom estar de volta...Karluz Fernandez
</a>
(mailto:aeiou@iol.pt)


De Anónimo a 4 de Março de 2004 às 11:57
Caros bloguistas, primeiro k tudo quero agradecer e deixar aquele abraço, e uma grande beijoca prás meninas, pois esta merda já parece uma daquelas páginas da treta em que toda a gente (mulheres, claro!) também têm direito de opinião, para o people todo! Pois acreditem que a vossa força foi bastante importante para mim!!! VALEU..! PS- Só queria deixar uma palavra para as Doutoras (elas sabem quem são!!)........................ TOMA!!! NÃO SOU ASSIM TÃO ESTUPIDO!!Karluz Fernandez
</a>
(mailto:aeiou@iol.pt)


De Anónimo a 4 de Março de 2004 às 11:12
Tony Morgadinho que tipo de mensagem de erro é esta, quando o email address está errado?????Drª Carla (esposa Guimarães)
</a>
(mailto:naoquerias@maisnada.pt)


De Anónimo a 4 de Março de 2004 às 11:10
Uma simples questão de estudo!!!Drª Carla (esposa Guimarães)
</a>
(mailto:naoquerias@maisnada.pt)


De Anónimo a 3 de Março de 2004 às 15:59
Reportando ao tema da anterior semana afinal tenho de comunicar k o Kaita não é tão estúpido como as Sras. Dras. afirmaram ele até passou num exame com algum grau de dificuldade os meus sinceros parabéns.Hromeu
</a>
(mailto:Hromeu@sempreK.Kiseres)


De Anónimo a 1 de Março de 2004 às 20:50
Talvez ate fosse boa ideia nós lermos esses artigos se conseguissemos encontrá-los no meio da publicidade q a revista traz mas axo isso uma coisa um bocado de roto, ler revistas femininas, para além disso para leitura de casa de banho é um papel q fere a flor, nao ha nada como o crime ou o ocasiao :P bebe_saltitao
</a>
(mailto:bebe_pedro@iol.pt)


Comentar post

Photobucket - Video and Image Hosting