Photobucket
Join Greenpeace 7 Step Climate CampaignFirefox 2
Segunda-feira, 30 de Maio de 2005
Temos Honra
barreirense.bmp

Já temos o clube cá da terrinha na Divisão de Honra. No sábado lá fomos todos aperaltados para o D. Manuel de Mello assistir á consagração do campeão da zona sul.
Agora a questão é a de saber como se comportará para o ano. Pela minha parte terá o apoio que posso dar. Vou-me fazer sócio e, tendo em conta o valor das quotas, é o mínimo que posso fazer. Depois é ir aos joguinhos. Sim porque para o ano já aparecemos na TV.
Por outro lado queria agradecer ao Setúbal por me ter proporcionado uma boa noite de descanso. A dobradinha fica para daqui a 11 anos...
Gostava de apelar á vossa solidariedade no sentido de tentarmos arranjar uma cura para os nossos amigos João e Nuno. Um que fica sempre agarrado á perna parece ele que está a fazer um qualquer número acrobático, e o outro que continua a ter dificuldades de equilíbrio e passa a vida no chão. Isto não pode continuar, temos de fazer qualquer coisa...
Para a semana o konventus terá um novo look...espero eu! Ou então vai tudo ao ar...ainda não sei bem o que vai acontecer. É uma das duas pronto!!!
Abraços.


publicado por tonymorgadinho às 10:57
link do post | comentar | favorito
|

33 comentários:
De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 15:34
BENFICA ... e voto no chico ...Mr_Z
</a>
(mailto:mn@nm.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 15:26
Original ? ... Copy/Paste ? .... O ar é de todos ... isto é uma democracia ... viva a liberdade de expressão ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... .... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ....... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ... BENFICA ...Mr_Z
</a>
(mailto:mn@nm.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 15:17
"Oh Pai porque é que o benfiquistas não conseguem escrever nada original?"""Linger
(http://www.tironaescuridao.blogspot.com)
(mailto:ccm1976@yahoo.com)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 14:39
"Ó pai quando é que acaba esta merda do copy\paste?"tonymorgadinho
</a>
(mailto:tonymorgadinho@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 13:38
"Oh Pai porque é que a mulher do Trapattoni não sabia pronunciar a palavra Benfica em pleno Aeroporto?"Linger
(http://www.tironaescuridao.blogspot.com)
(mailto:ccm1976@yahoo.com)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 13:34
A VOSSA DOR É IMENSA...!kappa
(http://AAAA)
(mailto:a@iol.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 12:27
Por entre a história do 31º título nacional e a final da Taça de Portugal (perdida para o V. Setúbal), ficam muitas “estórias” que aqui recordamos. “Estórias” essas que são a melhor forma de lembrar as muitas formas de ser benfiquista. Assim, quem se pode esquecer da manifestação de amor protagonizada há ano e meio aquando do falecimento de Miki Fehér? Certamente que o eterno 29 terá sorrido (com aquela expressão com que nos deixou), onde quer que estivesse, ao sentir a romaria realizada à Luz naquele triste momento.

Mas Miki terá sentido uma emoção maior (vamos confiar que sim) ao ouvir, vindo cá debaixo, o grito a uma só voz: ‘Miki, Miki’. Este grito aconteceu em pleno Estádio do Bessa... a poucos segundos de o Benfica se tornar campeão nacional. Tratou-se de um momento incrível que provou que os benfiquistas não se esquecem dos seus heróis, nos bons e maus momentos. A própria equipa do Benfica, que ainda hoje “partilha” o balneário com o ex-colega, jorrou lágrimas ao sentir tal homenagem, num misturar de emoções, já que igualmente se sagrava, ali, campeã nacional.


Outras, muitas outras “estórias” demonstram a grandeza do Benfica e dos seus adeptos. O mar humano que saiu às ruas no Porto e Matosinhos, que ignorou uma claque com más intenções, que seguiu o autocarro do Estádio do Bessa ao Aeroporto (onde se tornou impossível direccionar a equipa pela entrada principal, tal a afluência dos adeptos, obrigando o plantel a rumar pela... entrada das mercadorias com vista a aceder à pista), que mais a Sul encheu Lisboa por completo (da Baixa à Expo, de Belém ao Aeroporto) e que deu intensidade à Luz naquela noite de loucos, são argumentos suficientes para deixar muitos de boca aberta.

Era domingo à noite (logo véspera de dia de trabalho), mas desde Bragança a Coimbra, de Leiria à Figueira, de Aveiro a Viseu, de Ponta Delgada ao Funchal, de Beja a Faro, poucos conseguiram dormir naquela noite. Atravessando fronteiras... a festa continuou em França (o trânsito parou mesmo em certas zonas de Paris), Inglaterra, Estados Unidos (as ruas de New Bedford foram invadidas por muitas centenas), Canadá, Angola (a avenida marginal nunca viu nada assim), Bélgica, África do Sul, Moçambique, Suíça (com a loucura a sair à rua em Zurique e Genebra),Cabo Verde... enfim.

Desde a escalada da estátua de Sebastião José de Carvalho e Melo, no Marquês, à compra de carros com oferta de bilhetes à mistura, a viagens loucas de bicicleta só para se obter um bilhete para um grande jogo... existiu um pouco de tudo nas últimas semanas da SuperLiga. Os adeptos do Benfica provaram, em locais como a Praça do Município (onde, a um dia de semana à tarde se juntaram aos milhares e gritaram o nome de cada um dos heróis antes de correrem loucos atrás do autocarro) ou os arredores do Jamor (onde se fez a festa da Taça, apesar da derrota) serem realmente únicos. Tão únicos como aquele adepto que levou uma t-shirt para o Benfica-Sporting com a seguinte inscrição: «Eu sinto o Benfica 31 536 000 segundos por ano». Como diria António Guterres, é uma questão de fazer as contas.

Mas não nos esquecemos de um outro adepto, conhecido cómico muito acarinhado por todos, que pediu sempre vitórias de «quinzeeeee a zero». Esse mesmo... Se lhe subtrairmos quatro, ficamos com os 11 metros do bolo feito pelos benfiquistas da vila algarvia de Bela Curral com vista a comemorarem o título. É por causa de gente como esta que, por exemplo, o jornal ‘A Bola’ noticiou ter batido todos os seus recordes de vendas no dia seguinte à conquista do título: 305 mil jornais vendidos é obra!

De entre esses 305 mil estarão, certamente pessoas como o famoso juiz do laço que vaticinou ser «esta conquista o remédio do país», ou a apresentadora que terminou uma conversa com Marcelo Rebelo de Sousa de cachecol ao pescoço, ou as muitas peixeiras do mercado de Alvalade que abrilhantaram o seu local de trabalho com bandeiras vermelhas, ou porque não aquele rapaz que veio da Austrália e andou a vaguear do Porto a Lisboa no espaço de uma semana, não sem antes ter obtido uma t-shirt toda ela autografada pelos seus heróis. Terminadas as emoções, começa a ansiedade para o futuro... Assim vive a alma benfiquista.

Mr_Z
</a>
(mailto:mn@nm.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 12:21
«Em 40 anos de carreira nunca vi nada assim». As palavras, o espanto e a emoção são de Giovanni Trapattoni, o treinador europeu com mais troféus conquistados na história do futebol.Mr_Z
</a>
(mailto:mmnz@mnnbv.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 12:18
mete vaselina que o carapau era grossotonymorgadinho
</a>
(mailto:tonymorgadinho@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 12:04
Ena tanta dor ... Paracetamol ... é bom ... Mr_Z
</a>
(mailto:mn@nm.pt)


Comentar post

Photobucket - Video and Image Hosting